Quando o chefe manda jogar durante o expediente

Colaboradores da Coca-Cola treinam suas vendas

Colaboradores da Coca-Cola treinam suas vendas


Game empresarial virou coisa séria e hoje há empresas especializadas no desenvolvimento de software para treinamento de funcionários, que na essência é um jogo, mas no fim é uma ferramenta de eficiência.

A Aennova Decisionware, de São Paulo, reúne três sócios: Nancy Ogassawala, especialista em educação à distância; Sunami Chun, fundador da rede de lan houses Monkey; e Leonardo Reis, consultor de negócios, que criou a empresa em 2001 e recebeu seus sócios no ano passado.

Juntos, começaram a desenvolver jogos empresariais – que chamam de simuladores negociais – e hoje têm clientes como Coca-Cola, Natura e Porto Seguro. A essência é criar um jogo em que o objetivo é treinar habilidades e aprender a melhorar processos de trabalho.

Por exemplo, a Coca-Cola decidiu estender a funcionários em todo o país as táticas de distribuição dos refrigerantes e peças de propaganda de supermercados. O jogo consiste em criar o melhor layout mexendo as araras nos pontos de venda, para melhorar a exposição dos produtos para o consumidor. Usando o mouse e vendo o resultado a cada loja, o funcionário pega a prática na prática.

“São como simuladores de vôo”, diz Reis. “O sistema avalia e avisa qual é o procedimento correto.” Um simulador de negócios deve ter três componentes bem resolvidos: a programação, a interface (a maioria em Flash) e a inteligência de negócios. A última deve ser construída com base na experiência e no objetivo da empresa que contrata o serviço.

O objetivo, segundo Reis, é treinar o poder decisório, pois os simuladores não são jogos para distração de funcionários, e sim treinos online baseados em processos comprovados na prática pelas empresas. “O Sebastian Vettel deu mil voltas no simulador do circuito de Monza antes de correr lá pela primeira vez”, diz Reis. A tática de Vettel deu certo e o piloto alemão tornou-se o mais jovem vencedor de uma corrida de Fórmula 1, aos 21 anos. Jogos simuladores são realmente eficazes.

Fonte: INFO Online

Uma resposta

  1. huuu,esse jogo e legal pra caranba

Os comentários estão desativados.

%d blogueiros gostam disto: