Compre um notebooks antes que o dólar suba +

Muitas pessoas, incluindo eu e alguns amigos, estão com a mão coçando de vontade de comprar um notebook. Os preços continuam baixos, apesar da crise e do aumento do dólar. Esta perspectiva talvez mude em breve, portanto, é melhor comprar o seu logo! Pensando nisso, fiz uma listinha com quatro modelos recomendados e as justificativas. Confira:

Notebook Celeron Mobile 353

Este modelo é o mais barato de todos e o mais leve também. Sua tela é menor do que o normal (7 polegadas) e seus recursos são para o uso comum, como internet, edição de textos, e-mails e comunicadores. Não tente usar o Photoshop, Illustrator ou FinalCut neste notebook. Se você não trabalha com softwares pesados e nem quer um notebook pra jogar, este é a melhor opção!

Por R$ 1.199,00 ou R$ 999,00 (versão preto)

Notebook W93

Apesar de haver muito preconceito com a CCE, este notebook apresenta uma configuração bastante razoável para seu preço. Processador Core 2 Duo de 1,66Ghz, com 2 GB de ram e 120 GB de HD. Digamos que este notebook agüenta mais o tranco do que o pequeno da Asus!

Por R$ 1.599,00

.

.

Notebook Turion TL50

Esta belezinha brasileira é quase perfeita. Possui 4GB de memória ram, 250 GB de HD e vídeo Nvidia GO 6100. Somente o processador, melhor da AMD – o Turion, que não é tão rápido assim: 1,6 Ghz. Mas mesmo assim, já dá pra trabalhar com ele, baixar grandes arquivos da internet e às vezes até jogar um joguinho…

Por R$ 1.999,00
.

.

Note Core 2 Duo T7250

Este maquinaço pode satisfazer todos os seus desejos. São dois núcleos rodando 2.0 Ghz, 250 GB de HD e 4 GB de ram! Lógico que ele não vai ser o primor num FinalCut ou num Spore, mas se você trabalha com webdevelopment ou precisa tratar fotos e vetores (para impressos até tamanho A4), ele dá conta do recado muito bem! Este é, considerando hardware e custo x benefício, a melhor escolha para quem precisa de um notebook potente.

Por R$ 2.899,00

Aproveite enquanto a variação do dólar ainda não afetou o preço dos produtos de tecnologia. Em breve, os preços dos alimentos vão cair e dos itens de informática, aumentar bastante!

%d blogueiros gostam disto: