Por que o iPod se chama iPod? E + 9 curiosidades…

Ter uma grande idéia para um produto novo ou serviço é apenas metade do trabalho de lançar alguma coisa hoje em dia. Criar um nome interessante para esse produto é uma tarefa pra lá de complicada. Afinal, os nomes precisam ser originais, criativos e não podem, entre outras coisas, ser descolados demais nem ofensivos a um determinado grupo.

Os desenvolvedores dos 10 produtos abaixo sabem bem disso. BlackBerry, iPod, Firefox, Twitter, Windows 7, ThinkPad, Android, Wikipédia, Mac OS X e os novos felinos de cada versão, Red Hat Linux… cada uma dessas empresas teve boas sacadas ao nomear seus “bebês” e tiveram também um pouco de sorte com suas escolhas. Veja abaixo a história por trás dos nomes desses produtos.

iPod

Durante o desenvolvimento do tocador de músicas da Apple, Steve Jobs detalhou sua estratégia: o iMac seria uma central para outros aparelhos. Vinnie Chieco, um redator free-lancer contratado para ajudar a batizar o novo produto, criou uma pequena obsessão com o fato de o objeto ser lançado em 2001 – mesmo ano do clássico filme de Stanley Kubrick.

A frente completamente branca do aparelho reforçou a conexão entre o produto e o filme. Chieco acabou chamando o tocador de música de pod, em homenagem à frase “Open the pod bay door, Hal” (“Abra a porta do compartimento, Hal”, em tradução livre). A letra “i”, minúscula, usada no iMac foi o toque final para indicar que o produto fazia parte da linha Apple.

Gostou? Leia a matéria completa no IDG Now!

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.